Pastora?!

Pastora, definitivamente não é Bíblico. E nós não aceitamos que pastora alguma ore ou por nós interceda. Porém, a mulher comum sim, educadora (de crianças, adolescentes e de outras mulheres), obreira, intercessora, piedosa, esta pode orar e interceder por nós. Será que estamos inventando?!... Por quê isto?!...

Explicação: Porque o mal deve ser cortado pela raiz. Faço minhas as palavras de Martinho Lutero (dizemos isto com relação a todo e qualquer benefício que as Pastoras possam ter promovido, ou mesmo mulher em posição de comando e autoridade sobre os homens): "Qualquer ensinamento que não se enquadre nas Escrituras deve ser rejeitado, mesmo que faça chover milagres todos os dias."

Aquele que ordenou pastoras no ministério PECOU contra a Palavra de Deus, e contra a Palavra de Deus não existe argumento. Vejamos:

- Observe que na orientação sobre a ordenação de pastores, bispos, mestres, diáconos e etc... a Bíblia refere-se sempre ao masculino (I-Tm. 3: 1 ao 13 – Tito 1: 5 ao 9)

- "Não dês às mulheres a tua força, nem os teus caminhos ao que destrói os reis." (Pv. 31: 3)

- "Os opressores do meu povo são crianças, e mulheres estão à testa do seu governo ah! povo meu! os que te guiam te enganam, e destroem o caminho das tuas veredas." (Is.3:12)

E mais...


 

- "Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor;" (Ef. 5: 22)

- Quando o Senhor pede para interceder, nos diz para que os HOMENS ergam mãos santas e não as mulheres. (ref. I-Tm. 2: 8)

- "A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição. Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva. E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão. Salvar-se-á, porém, dando à luz filhos, SE PERMANECER COM MODÉSTIA NA FÉ, na caridade e na santificação". (I-Tm. 2: 11 ao 15)

- "As vossas mulheres estejam CALADAS nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja. Porventura saiu dentre vós a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós? Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são MANDAMENTOS do Senhor." (I-Co. 14: 34 ao 37)

- Observe que todas essas referências Bíblicas (conforme acima), não estão caracterizadas como usos e costumes, mas sim como preceitos do Senhor.

- Com relação à Débora: o pobre Baraque não quis ir sem ela à guerra, colocando-a à frente, por isso Deus tirou a glória de Baraque e deu a essa mulher chamada Débora (ref. Jz. 4: 9).

- Se a mulher procura ser importante na vida,  ela  pode  ser,


 

quando solteira cuidando das coisas do Senhor, se casada cuida das coisas do mundo, em como há de agradar ao marido. (ref. I-Co. 7: 34). É também muito importante a mulher ser educadora, ensinando e educando as crianças, adolescentes e as mulheres mais jovens. "A mulher sábia edifica a sua casa, a tola a derruba com suas mãos". (Pv. 14: 1)

- Por isso, para que nós não sejamos pegos de surpresa e sejamos subjugados por uma Pastora, precisamos nos interessar e estudar a Palavra de Deus, em sua versão fiel e correta; portanto cuidado com as modernas versões Bíblicas. A palavra do Senhor é imutável, pois é palavra de Rei (e palavra de Rei não volta atrás); sendo assim, o que Ele determinou no passado, prevalece até os dias atuais. A Bíblia afirma que Ele é o mesmo, ontém, hoje e sempre; jamais esqueça isto.

- E mais: nesse sentido, não dê ouvidos à pregadores que fogem da genuína Palavra.

. . .

Reforçando:

"Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio." (I-Tm. 2:12)

Observe o versículo acima >>> Se o Senhor não permite que a mulher ensine aos outros (numa posição de autoridade) como permitirá que governe? Note que NÃO tem a letra "e" e sim uma vírgula (a mulher ensine, nem use de), senão estaria falando só no que diz respeito ao marido.

Imaginemos uma mulher sendo governadora,  prefeita  ou  presi-


 

dente de uma empresa onde trabalha o próprio marido... etc... etc... não estaria ela sobre o próprio marido e sobre todos os outros homens?!...


A mulher como educadora de crianças e adolescentes, seja na igreja ou fora dela é certamente algo grandioso / edificante; ou se o marido não é por ela, a mulher deve sim, assumir o papel de chefe da casa.


Existem outras passagens Bíblicas que nos leva a entender este particular. No mais, só mesmo o Senhor Nosso Deus para lhe dar todo o esclarecimento necessário para que o seu caminhar, sobre a face da Terra, seja exatamente conforme a SOBERANA vontade Dele.


Seja misericordioso o Eterno e nos guie em todo o entendimento!


*** Veja ainda:

Mulher Submissa?!

O Questionamento De Débora

Voltar Home Page